Vazamento em posto de combustível contamina solo e lençol freático

 em Goiás +20

Equipe de fiscalização da Semarh está no município de Buriti Alegre, para autuar e lacrar um posto de combustível responsável por contaminar o solo e o lençol freático local. A contaminação é causada por vazamento de óleo, o que fez com que este rejeito aflorasse por cisternas e trouxesse restrições ao uso da água. Como há gases combustíveis nas cisternas, foi recomendado que elas permanecessem abertas para a dispersão desses gases e extinção do risco de combustões. A empresa deverá receber uma multa que varia de 200 a 500 mil reais, além de ter que apresentar uma avaliação da contaminação do solo e do lençol freático, além de teste de estanqueidade. Só depois de apresentar os estudos e remediar os danos é que o posto poderá voltar a funcionar.

Postagens Recomendadas
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar