Semana do Meio Ambiente começa com audiência pública

 em Goiás

Via Secima

Uma audiência pública na Assembleia Legislativa marcou a abertura da Semana Mundial do Meio Ambiente. Em pauta, a disponibilidade e a segurança hídrica em Goiás. A audiência reuniu representantes da Secima, da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa e dos setores acadêmico, agropecuário e industrial, entre outros.
Antropólogo e geólogo, o professor da PUC-GO Altair Sales denuncia que as ações humanas têm causado grandes impactos na disponibilidade hídrica em diversas regiões do planeta, como no caso do mar de Arau, local que hoje é um deserto devido à transposição de rios da antiga União Soviética. “O mesmo pode ocorrer com o Cerrado se medidas severas de preservação não forem tomadas”, alerta.
Gerente de Planejamento e de Gestão de Recursos Hídricos da Secima, João Ricardo Raiser apresentou as diretrizes da Política Nacional de Recursos Hídricos e o que está sendo feito em Goiás. O gerente destacou a importância de se implantar instrumentos de gestão previstos na política para o setor, no que tange à cobrança pelo uso de recursos hídricos, controle e planejamento.
Superintendente estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Jacqueline Vieira alertou para o fato de que a crise hídrica por que o Brasil e boa parte do planeta passam atualmente ainda não é capaz de mobilizar a população. Quanto ao Cerrado e ao estado de Goiás, Jacqueline defende a preservação dos ativos ambientais (água, solo, clima e biodiversidade) como forma de garantir a produção de alimentos e o desenvolvimento econômico estadual. A superintendente disse ainda que o Plano Estadual de Recursos hídricos deve ficar pronto neste ano, e que o Cadastro Ambiental rural também será uma importante ferramenta de preservação do Cerrado. “Todos os setores sociais, públicos e privados, têm que entrar de cabeça na defesa do Cerrado e das riquezas naturais se quisermos manter um índice de desenvolvimento que melhore a vida da população”, conclui.
A Semana do Meio Ambiente contará ainda com diversas palestras e debates sobre as principais questões que envolvem a agenda ambiental, além da assinatura de um convênio com a UFG para ampliar as pesquisas na área e ações de educação ambiental.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar