Reunião marca início do Programa Produtor de Água

 em Goiás +20

Sob coordenação da Semarh, a Unidade de Gestão do Programa Produtor de Água do João Leite (UGP), se reuniu para definir ações a serem desenvolvidas na Bacia do João Leite. A área envolve os municípios de Nerópolis (sub-bacia do córrego do Bandeira) e Ouro Verde (sub-bacia da Serra do Sapato Arcado), mobilizando os proprietários rurais e o Poder Público local para participar da reunião marcada para as 14 horas do dia 18 de setembro, na Câmara dos Vereadores de Nerópolis. A reunião vai marcar o início dos trabalhos do Programa Produtor de Água do Ribeirão João Leite, para o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA).

As metas a serem atingidas compreendem a identificação das propriedades rurais por área a ser recuperada ou conservada, educação ambiental e conservação das estradas vicinais. A adesão do produtor rural junto ao programa é voluntária.

O desenvolvimento deste projeto na Bacia hidrográfica do João Leite se torna modelo de gestão por sua grandeza e magnitude no cenário nacional, tendo como principal objetivo a conservação deste manancial de abastecimento público, primando pela qualidade e quantidade das águas.

O programa

O Programa Produtor de Água do João Leite visa o controle da poluição difusa rural, tendo como foco a redução da erosão, melhoria da qualidade da água e regulação do regime hidrológico dos mananciais, utilizando práticas mecânicas e vegetativas de conservação da água e do solo. O programa tem como instrumento de ação o pagamento por serviços ambientais, remunerando produtores rurais que, por meio de práticas e manejos conservacionistas e de melhoria da cobertura vegetal, venha a contribuir para o abatimento efetivo da erosão e sedimentação, e para o aumento da infiltração de água, segundo o conceito de provedor-recebedor.

O Produtor de Água proporciona condições adequadas à implementação das práticas conservacionistas, tornando a atividade ambientalmente sustentável, economicamente atrativa e financeiramente possível. A Bacia Hidrográfica do Ribeirão João Leite tem 761 km2 de área. Ela nasce na Serra do Sapato Arcado, no município de Ouro Verde, e abrange áreas dos municípios de Goiânia, Anápolis, Nerópolis, Ouro Verde, Goianápolis, Campo Limpo, Terezópolis e Bonfinópolis.
Atualmente, 60% da área da bacia está ocupada por pastagens, 5,1% pela agricultura e 23,4% ainda é composto por matas. Cerca de 75% do território da bacia já sofreu ação humana.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar