Reflorestamento avança em Nerópolis

 em Goiás +20

Programa visa à recuperação de nascentes d’água

A Região Metropolitana de Goiânia é a grande beneficiada com a recuperação de mais uma nascente d’água. Desta vez a ação ocorreu em Nerópolis, na nascente do córrego Água Branca, e mostrou que a união entre poderes público estadual e municipal pode reduzir os impactos ambientais causados pelo homem. Dentro da propriedade do agricultor Jaques Jamil Silvério, foram plantadas 850 mudas em uma área de 2,1 hectares. A previsão é que ainda sejam plantadas mais 150 mudas. Entre as espécies mais presentes estão a Sangra D´água, Ingá, Bálsamo, Jatobá e Marinheiro, entre outras.

Outras 70 mudas foram plantadas por alunos da Escola Municipal João Paulo II. Para o estudante Dalysson Ferreira dos Santos, esta foi uma experiência nova: “Foi bom saber que este Ipê Amarelo que plantei vai ajudar o meio ambiente”, comemora o aluno do 7º ano.  Conforme o secretário do Meio Ambiente de Nerópolis, Odelio Faria Maia, o município investiu na formação de uma equipe técnica na área, capaz de planejar e executar projetos de reflorestamento e gestão ambiental. “Estamos correndo atrás do prejuízo”, diz. Prefeito da cidade, Fabiano Luís destacou que a coleta seletiva e o programa de recuperação de nascentes são dois fatores que vão tornar Nerópolis “a melhor cidade para se viver em Goiás”.

O município desenvolve o Programa Águas Vivas, que vai desde a manutenção de um viveiro de mudas até os projetos de reflorestamento. Este programa encontrou na Semarh um parceiro, que desenvolve o uma ação semelhante, dentro do Programa Produtor de Água da bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite. Superintendente de Recursos Hídricos da Semarh, Bento de Godoy Neto lembra que há um cronograma intenso de recuperação de nascentes em andamento, e que prefeitos e produtores rurais têm se empenhado em garantir o suprimento de água para suas populações. Já para a secretária estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Jacqueline Vieira da Silva, a cada nascente recuperada, aumenta o comprometimento de todas as partes envolvidas. “O que fazemos aqui repercute em todo o Estado”, conclui. A próxima nascente a receber reflorestamento será no afluente do Córrego da Tita, no município de Santo Antônio de Goiás. O evento está marcado para as 15 horas desta segunda-feira, dia 24 de março.

Assessoria da Semarh.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar