Produtores que protegeram suas nascentes recebem pagamento do estado

 em Goiás +20

O Governo de Goiás, por meio do Programa Produtor de Água do João Leite, realiza solenidade para os primeiros pagamentos aos proprietários de terras que protegeram suas nascentes. O Produtor de Água engloba as nascentes dentro da Bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite. A adesão ao Programa é voluntária, cabendo ao proprietário decidir se participa da iniciativa. Até agora, foram cadastradas 32 propriedades rurais na sub-bacia do Córrego Bandeira. Na sub-bacia da Serra do Sapato Arcado existem outras 50 propriedades cadastradas. O produtor Nair Baquião, proprietário da Chácara Dois Irmãos, assim como Abílio Rodrigues Filho da Fazenda Bálsamo e Bandeira, e Cairo César Borges, da Chácara Santa Maria, todos do município de Nerópolis, vão receber os cheques de R$ 1 mil das mãos do governador Marconi Perillo. As produtoras Márcia Helena do Nascimento e Maria Augusta Pereira, de Ouro Verde de Goiás, também vão receber os primeiros pagamentos. O evento vai acontecer às 14 horas da terça-feira, dia 17 de dezembro, no Auditório Mauro Borges, Palácio Pedro Ludovico. O Programa do João Leite é o maior do gênero no País, pois abrange sete municípios e mais de 700 nascentes, o que vai beneficiar diretamente mais de dois milhões de habitantes da Região Metropolitana de Goiânia que vão receber água da represa do João Leite. A bacia cobre 761km² de área, com a extensão de 130 quilômetros. O João Leite deságua no Rio Meia Ponte, rio que concentra mais de 40% da população de Goiás em sua bacia.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar