Plantio compensatório avança no Parque Telma Ortegal

 em Goiás +20
[box] Mais de 13 mil mudas já foram plantadas em 17 hectares de área[/box]

Localizado no município de Abadia de Goiás, o Parque Estadual Tela Ortegal recebe o plantio de 55 mil mudas, dentro do projeto compensatório do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) pela duplicação da BR-060. O plantio foi iniciado em maio e contabiliza 13,765 mudas plantadas, o que corresponde a 25% da quantidade total prevista no projeto. Isto corresponde a uma área reflorestada de 17,56 hectares, algo em torno de 175600 m².

Durante o período de estiagem, o plantio vem sendo executado com a adição de gel-de-plantio hidratado nas covas, o que possibilita irrigações quinzenais. A previsão é terminar o plantio no período de estio nas áreas em que o solo já foi preparado, corrigido e adubado. Nas demais áreas, o controle de plantas daninhas e o preparo das covas serão feitos até outubro, para que o plantio seja retomado.

Até o momento, foram investidos R$ 172.062,50 no projeto. A área reflorestada conta com 30 espécies arbóreas nativas do cerrado, entre elas: Amburana, Angico-Branco, Araçá-do-Cerrado, Araçá-Roxo, Aroeira, Bálsamo, Canela-Amarela, Capitão-Do-Cerrado, Cedro, Copaíba, Farinha-Seca, Gonçalo-Alves, Guapeva, Gueroba, Inga-Bola, Ingá-Mirim, Ipê-Amarelo, Ipê-Branco, Ipê-Rosa, Ipê-Roxo, Jatobá-Do-Cerrado, Magnólia-Branca, Mirindiba, Pau-Formiga, Peroba-Rosa, Sete-Casca, Tamanqueiro e Tarumã.

O projeto conta com o preparo do solo, eliminação de formigueiros e cupinzeiros da área antes do plantio por métodos mecânicos, adubação organo-mineral equilibrada e correção do solo com calcário e gesso. Ao serem plantadas, as mudas recebem gel-de-plantio nas covas, irrigações quinzenais e controle de formigas cortadeiras por métodos naturais. As mudas mortas são replantadas. Toda a área conta com adubações em cobertura, coroamentos, roçagem, construção e manutenção de aceiros.

O Parque Telma Ortegal fica na área da bacia hidrográfica do Ribeirão Dourados, afluente do rio Meia Ponte, no município de Abadia de Goiás. A Unidade de Conservação possui área de 165,9629 hectares, e abriga uma unidade do Centre Nacional de Energia Nuclear (Cnen) e o depósito dos objetos atingidos pelo acidente com o Césio 137.

Via SEMARH

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar