Mensagem Urgente!

 em Goiás +20

“Toda semana assistimos a evidências de que as mudanças climáticas estão aqui agora”, diz Leonardo DiCaprio

A Leonardo DiCaprio, nomeado mensageiro da paz das Nações Unidas, foi entregue uma missão e tanto: chamar a atenção do mundo para os problemas relacionados às mudanças climáticas, durante a Cúpula do Clima da ONU em NovaYork, passado dia 23 de Setembro.

Missão dada, é missão cumprida! O discurso do famoso ator e ativista teve imensa repercussão na imprensa mundial.

Ban Ki-moon, secretário-geral da ONUlembrou que o ator tem um compromisso de longa data com as causas ambientais.

Confira (e leia) a íntegra do discurso aqui.

“É uma honra estar aqui hoje. Estou diante de vocês não como um expert, mas como um cidadão preocupado, um dos 400 mil que participaram da passeata nas ruas de Nova York no domingo, um dos bilhões de outros pelo mundo que querem resolver nossa crise climática.

Como ator, eu finjo para viver. Faço personagens fictícios que muitas vezes resolvem problemas fictícios.

Acredito que a humanidade olhou para as mudanças climáticas da mesma maneira: como se fosse ficção, algo acontecendo no planeta de outra pessoa. Talvez, fingindo que o problema nãofosse real, ele iria embora de alguma forma.

Mas eu acho que sabemos mais do que isso. Todo semana, vemos novos e inegáveis eventos que evidenciam que aaceleração das mudanças climáticas está acontecendo.

Sabemos que as secas estão se intensificando, nossos oceanos estão esquentando e ficando mais ácidos, comnuvens de metano emergindo do fundo do solo oceânico. Estamos vendo eventosclimáticos extremos, aumento da temperatura, o derretimento das geleiras da Antártida e da Groelândia em taxas sem precedentes, décadas  à frente das projeções científicas.

Nada disso é retórica ou histeria. É fato. A comunidade científica sabe, a indústria e os governos sabem, até mesmo os militares dos Estados Unidos sabem. O chefe do comando da Marinha dos EUA no Pacífico, o almirante Samuel Locklear, disse recentemente que a mudança climática é a nossa maior ameaça de segurança.

Meus amigos, essa reunião de hoje –  talvez mais do que qualquer outra reunião na história da humanidade – enfrenta uma tarefa difícil. Vocês podem fazer história ou serem difamados por ela.

Para ser claro, o foco hoje não é sobre dizer as pessoas que precisam trocar suas lâmpadas ou comprarem um carro híbrido.  Este desastre tem crescido para além das escolhas que as pessoas fazem. O foco agora é sobre como nossas indústrias e governos pelo mundo tomarão uma decisão em larga escala.

Não sou cientista, mas não preciso ser um para saber. Porque a comunidade científica no mundo tem falado e deram seu prognóstico para nós. Se não agirmos em conjunto, iremos perecer.

Agora é o nosso momento de ação.

Precisamos colocar um preço sobre as emissões de carbono e eliminar os subsídios do governo para o carvão, o gás e as companhias de petróleo.  Precisamos acabar com a carona que foi dada aos poluidores industriais em nome de uma economia de livre mercado. Eles não merecem nossos impostos, merecem nosso escrutínio. A economia em si vaimorrer se o nosso ecossistema entrar em colapso.

A boa notícia é que a energia renovável não é apenas uma política econômica viável, ela também é boa. Novas pesquisas mostram que em 2050 a energia limpa e renovável poderiam suprir 100% das necessidades de energia do mundo, utilizando as tecnologias existentes e criando milhões de empregos.

Não se trata de um debate partidário, é um debate que envolve todos. Ar e água limpos e um clima habitável são direitos humanos inalienáveis . Resolver essa crise não é umaquestão política, é nossa obrigação moral – por mais assustadora que seja.

Nós temos apenas um planeta. Ahumanidade será responsabilizada em grande escala pela destruição gratuita de nossa casa coletiva. Proteger nosso futuro neste planeta depende da evolução consciente de nossa espécie.

Este é um dos momentos mais urgentes, e é esta é uma das mensagens mais urgentes.

Honrados delegados, líderes domundo, eu finjo para viver, vocês não. As pessoas fizeram suas vozes serem ouvidas no domingo pelo mundo e o impulso não vai parar. Agora é a vez de vocês. A hora para responder ao grande desafio de nossas existência neste planeta é agora.

Peço que enfrentem isso com coragem e honestidade. Obrigado.”

(Roberta Brum)

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar