Lixo Eletrônico

 em Goiás +20

Para onde foram todos aqueles celulares que você já se utilizou?, e os computadores?, aquela tv antiga nem se diga!, enfim, para todos os produtos eletroeletrônicos que utilizamos diariamente existe um tempo de vida útil “pré-estabelecido”, agindo a favor das empresas, pois quanto mais compramos o “mais moderno” mais dinheiro circula na economia.

Quando falamos em lixo eletrônico, a primeira coisa que vem à mente são aqueles incômodos spams que ocupam espaço na caixa de email, trazendo vírus e corrompendo o seu computador. Porém, não é deste lixo que estamos nos referindo.

Os resíduos eletrônicos, também denominados de e-lixo (e-waste em inglês) são os vilões do momento. Eles nada mais são do que artigos eletrônicos que não podem mais ser reaproveitados, como computadores, celulares, notebook, câmeras digitais, MP3 player, entre outros. São considerados lixos eletrônicos também artigos elétricos de casa, como geladeiras, microondas e o que mais você usar em casa que, descartados, podem poluir o planeta.

Quando você troca seu equipamento eletroeletrônico, saiba que ele poderá prejudicar o meio ambiente. Estes equipamentos são produzidos com substâncias nocivas, e uma vez descartados de forma incorreta em locais pouco apropriados como lixões e perto de lençóis freáticos tornam-se problemas ainda maiores.

Números que impressionam

Para se ter uma ideia, os resíduos eletrônicos já representam 5% de todo o lixo produzido pela humanidade. Isso quer dizer que 50 milhões de toneladas são jogadas fora todos os anos pela população do mundo.

Fonte: TecMundo, Bluue

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar