Laudo volta a apontar substâncias químicas em rio de Luziânia, GO

 em Goiás

Via: G1

Um novo laudo identificou, mais uma vez, a presença de surfactantes, substâncias químicas presentes em produtos de limpeza, no Rio Palmital, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. A amostra usada no exame foi coletada no último mês, quando o abastecimento de água na cidade precisou ser suspenso após técnicos encontrarem espuma na água do rio.

Em janeiro deste ano a mesma situação ocorreu e a mesma substância foi encontrada no rio. Na ocasião foi identificado um índice de 0,20 miligramas de surfactantes por litro de água. A empresa Flora Higiene e Limpeza foi responsabilizada pela contaminação e multada em R$ 600 mil, mas recorreu da decisão.

Já na análise feita em fevereiro, foi detectado um índice de 0,49 miligramas de substâncias químicas por litro de água. Segundo os técnicos, o número ficou no limite para que a água ainda possa ser tratada, que é de 0,50 miligramas por litro.

Um laudo definitivo será encaminhado aos órgãos de fiscalização que apuram se houve crime ambiental. Segundo a Saneamento de Goiás S/A (Saneago), ainda não é possível identificar quem foi o responsável pela contaminação.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar