Imagens de satélite mostram bacia do Mar de Aral drasticamente seca

 em Sustentabilidade

via O Globo

Imagens feitas por satélites da Nasa mostram que o Mar de Aral teve sua extensão drasticamente reduzida nos últimos anos. O lago de água salgada que se estendia entre o Cazaquistão e o Uzbequistão já foi o quarto maior do mundo. Atualmente, acredita-se que os atuais níveis de água representam menos de 10% do que existia há cinco décadas.

“Esta é a primeira vez que a bacia oriental esta completamente seca nos tempos modernos”, disse o geógrafo da Western Michigan University, Philip Micklin, à Nasa. “E é provável que esta seja a primeira vez que esteja completamente seca em 600 anos.”

Na década de 1950, dois dos principais rios da região – o Amu Darya e O Syr Darya – foram desviados pelo governo soviético para fornecer irrigação para a produção de algodão no Uzbequistão e no Turcomenistão, privando o Aral. Ele vem diminuindo desde então, com a queda do nível do mar de 16 metros entre 1960 e 1996, segundo o Banco Mundial.

 

 

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar