Governo formaliza financiamento da Caixa Econômica para Angra 3

 em Política

via Minas e Energia

O financiamento de R$ 3,8 bilhões para a continuidade das obras da Usina Termonuclear Angra 3 foi formalizado pelo Ministério da Fazenda, em despacho publicado na terça-feira (30/06), no Diário Oficial da União. Os recursos serão utilizados para a aquisição de equipamentos importados e pagamento de serviços internacionais para a usina.

O aval da União, por meio da Secretaria do Tesouro Nacional, ao financiamento da usina termonuclear de Angra 3 libera os recursos negociado em junho de 2013  junto à Caixa Econômica Federal, pela Eletronuclear, subsidiária da Eletrobrás responsável pelo empreendimento. Em abril, o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, havia recebido a confirmação da autorização pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

Angra 3 terá capacidade instalada de 1.405 MW, e sua conclusão está prevista para  2018. A usina, ao mesmo tempo em que expandirá a oferta de energia, auxiliará também na diversificação da matriz energética, mediante ampliação da participação da fonte nucleoelétrica.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar