Exposição de Arte no HGG homenageia artistas goianos

 em Agenda Cultural, Destaque, Goiás, Saúde

Quem caminha pelos corredores do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG, em Goiânia, se encanta pelas obras de arte que vai encontrando nas paredes da unidade de saúde. É que desde 2013 foi criado o projeto Arte no HGG, e desde então, quadros de artistas goianos passaram a dar cor e vida para o lugar. Na noite dessa terça-feira, 10, foi lançada a 19ª Exposição intitulada “Os Aquarelistas”, que reúne obras de 13 artistas de Goiás e que homenageia dois ícones das artes plásticas no estado, Amaury Menezes e Sáida Cunha. 

Sob a curadoria de Helena Vasconcelos, que há 6 anos conduz o projeto criado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) em 2013, a exposição permanece no HGG até fevereiro de 2020, onde, segundo a curadora, passam mais de mil pessoas diariamente. Para ela, o projeto ganhou uma visibilidade surpreendente e que logo a unidade de saúde deve receber uma exposição com artistas de todo o país. “Nós mostramos arte para quem não tem oportunidade de ir a um museu. É gratificante!”, destaca. 

Além dos homenageados, participam da exposição os artistas: Ana C. Elias, Ana Maria Ferro, B. Nogueira, Evandra Rocha, Fernando Simon, Mairone Barbosa, Márcia Sales, Regina Fernandes, Thai, Vinicius Yano e Virginia Guimarães.

Arte também cura

O médico Marcelo Rabahi, coordenador do Centro de Terapia Intensiva (CTI) do HGG e do núcleo de Ensino e Pesquisa do Idtech, afirma que o projeto transformou o dia a dia no hospital. “Nós temos, inclusive, um estudo que demonstrou que as pessoas que participam das exposições e das atividades culturais têm um grau menor de ansiedade e depressão durante o período que estão aqui no hospital, então, além do aspecto de beleza, esse projeto também ajuda no tratamento das pessoas”, assegura. Segundo Rabahi, o projeto já tem sido replicado em outros hospitais da capital. 

Batista Nogueira é um dos artistas plásticos que participa da exposição “Os Aquarelistas”. Para ele, a arte também cura. B. Nogueira fala da experiência gratificante que é ver o trabalho de tantos colegas saindo das galerias e ateliês para dar vida a um hospital. “A arte e a beleza traz um novo ar para a vida das pessoas, e chegar até o outro com a nossa arte também é uma forma de cura”, garante. 

O homenageado Amaury Menezes também destacou a importância do projeto e agradeceu à direção do HGG e do Idtech pela sensibilidade de ter percebido a importância do convívio do paciente com as artes plásticas. “Essa é uma vitória para todos, artistas e pacientes. Ter contato com a arte em um momento que buscamos uma unidade de saúde é sempre um acalento”. 

 

Texto: Thalita Braga

Postagens Recomendadas
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar