Exagero no banho

 em Goiás +20

Em média uma ducha em um apartamento sem problemas de encanamento consome 160 Litros de água em apenas 10 min. Além de consumir muito mais água, um banho demorado pode também prejudicar a saúde de sua pele. Segundo a dermatologista Márcia Purceli, ao Portal G1, metade deste tempo, ou seja cinco minutos, é suficiente para um banho saudável, melhor para nossa pele e para a natureza.

Uma pesquisa realizada pela consultoria TNS Global Market Research em dez países, no ano de 2010, indica que os brasileiros ligam o chuveiro em média 20 vezes por semana, três ao dia, o que os tornam recordistas mundial na hora do banho. Depois aparecem os russos, com 8,4 banhos semanais; japoneses com 7,9; franceses 7,7; americanos 7,4; alemães e italianos com 6,1; britânicos 5,6; chineses 4,9; e indianos com 3 banhos por semana.

Para especialistas, além do gasto de água, o exagero de banho dos brasileiros pode colocar em risco a saúde da pele. O excesso faz com que a pele se torne mais ressecada e, então, mais propícia a inflamações (dermatites), que provocam vermelhidão e coceiras.

A temperatura da água também determina a condição de uma pele saudável, assim como os tipos de impactos que podem trazer ao meio ambiente. A especialista Purceli explica que o banho quente remove a camada de gordura fundamental para a lubrificação da pele, tornando-a ressecada e propícia a contaminação de fungos e bactérias. O banho frio também não é uma boa opção por mudar drasticamente a temperatura do corpo, que é de cerca de 36ºC. O ideal é que o banho seja morno, em temperatura parecida com a do corpo.

O consenso entre dermatologistas é que um a dois banhos por dia, em períodos que variam de três a oito minutos, são suficientes. E a utilização do sabonete deve se concentrar somente nas áreas importantes para o odor, como as axilas, órgãos genitais, bumbum e pés. Isso porque o sabonete é um dos grandes vilões na eliminação de gordura da pele e seu uso deve ser moderado, ou seja, pelo menor tempo possível. Acompanhe as dicas:

Dicas para  um banho saudável

Na hora do banho, molhe-se, feche o chuveiro, se ensaboe e depois abra para se enxaguar.

Não fique com o chuveiro aberto. O consumo cairá de 180 para 48 litros.

Fazer xixi na hora da ducha economiza 20 litros de água por vez, segundo dados da Fundação SOS Mata Atlântica.

A utilização de shampoo e condicionador 2 em 1, também é uma boa maneira de reduzir o tempo no banho e diminuir pela metade a quantidade de embalagens utilizadas.

A dermatologista Márcia Puceli ensina maneiras de manter a pele saudável:

Não ultrapasse os cinco minutos de duração.

Prefira água morna.

Lave os cabelos com frequência (diariamente ou em dias alternados).

Opte por toalhas felpudas, que absorvem mais água. Elas devem ser individuais e trocadas a cada dois dias para não criar fungos.

Não use o mesmo sabonete no rosto e no corpo. Nas partes mais ressecadas, o ideal é passar pouco sabonete.

Não use buchas, pois elas arrancam a oleosidade natural da pele.

Passe creme hidratante após o banho, quando os poros estão mais abertos e a pele absorve melhor.

Com o tempo do banho reduzido, você contribui para o bem estar da pele e do meio ambiente, além de economizar em seus gastos mensais.

Fonte: G1- Envolverde/ adaptação Bluue.

Postagens Recomendadas
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar