Empresa holandesa utiliza casca de coco na fabricação de paletes e deixa de utilizar madeira de 200 milhões de árvores por ano

 em Destaque, Inovação, Sustentabilidade

Michiel Vos e Jeroen Jonker, diretores da Coco Pallet

O palete é um dos queridinhos da decoração rústica que reaproveita um material já em desuso. Agora imagine um palete que ganha nova vida útil desde sua origem. É disto que se trata a CocoPallet ao criar paletes duráveis, resistentes ao fogo e feitos a partir de cascas de coco. A empresa holandesa aperfeiçoou o processo tendo como inspiração uma técnica indonésia primitiva. O conceito foi desenvolvido em uma parceria da CocoPallet com a Universidade de Wageningen, ambas instituições holandesas.

Eles usam uma macromolécula chamada lignina como aglutinante natural, de forma que não há necessidade de resinas sintéticas, como as usadas normalmente em paletes de madeira. O processo de fabricação também é livre de pesticidas, aditivos e o resultado disso é um palete biodegradável. Isso significa que apesar de ser feito para exportação, quando ele estiver desgastado e sem uso, pode ser triturado, reciclado ou compostado. Inclusive, a companhia está desenvolvendo maneiras de usar os paletes como fertilizantes para o solo.

Em entrevista ao site alemão, Befootec, o CEO da Coco Pallet na Holanda, Jeroen Jonker, disse costumava ouvir com frequência que: “Você nunca conseguirá isso!”, e que após cinco anos de desenvolvimento, no segundo semestre de 2016 eles conseguiram tirar o projeto do papel. “Foi um processo de sangue, suor e lágrimas”, diz Jonker. A ideia era criar uma alternativa aos tradicionais paletes de transporte feitos de plástico ou madeira.

Ciclo sustentável
Segundo a CocoPallet, cerca de 1.7 bilhões de paletes de madeira são produzidos anualmente, causando o uso desnecessário de aproximadamente 200 milhões de árvores por ano. Essas árvores podem ser poupadas com a solução. “Compramos a casca de coco dos agricultores, criando uma renda extra na base da pirâmide. Os fazendeiros param de queimar as cascas de coco, o que reduz a poluição do ar. Nossos CocoPallets substituem os paletes de madeira e menos árvores precisam ser cortadas para esse fim. Além disso o cliente economiza dinheiro e reduz sua pegada de carbono. No final, o que sobra da confecção dos das paletes é moída e vira biomassa, que é tratada e usada para fins agrícolas”, explica a empresa.

Sem perder a qualidade de resistência, os paletes de coco também ocupam menos espaço, sendo mais compactos. Uma pilha de 20 paletes ecológicos mede cerca de 0,75m de altura, enquanto uma pilha de 20 paletes normais mede 2,70m. Outro ponto interessante, é que a empresa usa biomimética (estudo das estruturas biológicas) em seus projetos. “A ideia central é que a natureza já resolveu muitos dos problemas com os quais estamos lutando. Animais, plantas e micróbios são os engenheiros mais inteligentes no desenvolvimento de estruturas, superfícies, processos”, explica a companhia em seu site.

Postagens Recomendadas
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar