Debate sobre planejamento urbano no 2º dia do Congresso Cidade e Sustentabilidade

 em Goiás +20

Com o tema “A cidade hoje”, o jornalista Washington Novaes abordou assuntos como a contradição entre o ético e o estético no atual planejamento urbano de Goiânia. Os debates tiveram a participação do arquiteto e urbanista Érico Naves Rosa e da diretora da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG, Ana Guiomar Rego.

A mediação do debate foi realizada pelo reitor da Universidade Federal de Goiás, Edward Madureira. Durante a discussão, o reitor anunciou que, até o fim deste ano, deve sair a licitação para construção das ciclovias dentro do Câmpus II da UFG. Edward disse ainda acreditar que, em breve, o planejamento da Prefeitura de Goiânia de construir uma ciclovia ligando os dois câmpus da universidade sairá do papel.
Com levantamentos coletados no Laboratório de Modelos da Sustentabilidade das Edificações (LabSUS), a professora Marta Romero defendeu um modelo de crescimento urbano voltado à verticalização planejada. Os estudos apontam uma preocupação especial com a circulação do vento, fato que influencia na temperatura ambiente, bem como preservação do meio ambiente.
Os debates da segunda mesa deste domingo tiveram a mediação do ex-prefeito de Goiânia, Pedro Wilson, bem como a participação do professor da UFG Wolney Unes e do arquiteto e urbanista Renato de Melo Teixeira.

Primeiro dia

Palestras e interatividade marcaram o primeiro dia do congresso.  Neste sábado (6/7), participaram do primeiro painel de debates, ao lado do palestrante, o jornalista Gilberto Dimenstein, o diretor geral do jornal A Redação, João Unes, e a procuradora do Estado de Goiás e presidente da associação desta classe Valentina Jungmann. O pró-reitor de Extensão e Cultura da UFG, Anselmo Pessoa Neto, foi o mediador.

Roberto Montezuma, que é presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco, apresentou o projeto desenvolvido em Recife e, em seguida, participou de debates ao lado dos arquitetos Jorge Mauro Villavecencio, Walfredo Antunes e John Mivaldo. O arquiteto Walfredo Antunes é um dos autores do projeto da cidade de Palmas (TO).

Com a participação da plateia, a discussão principal deste sábado girou em torno da mobilidade urbana e do trânsito na capital goiana. Foi discutida a possibilidade de implantação de metrô, possíveis soluções para estacionamento e reforço das ciclovias municipais.

Trânsito


O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, participou do congresso. Além de compor a mesa de abertura, o prefeito, acompanhado pelo vice, Agenor Mariano, assistiu às palestras do jornalista Gilberto Dimenstein e do arquiteto e urbanista Roberto Montezuma.

Paulo Garcia afirmou que a prefeitura de Goiânia tem buscado melhorar a mobilidade urbana, buscado soluções sustentáveis para a cidade. O prefeito citou ações como a implantação dos corredores de ônibus da T-63 e da Avenida Universitária.

Segundo Paulo, as recentes ações na Avenida Universitária, que recebeu uma ciclovia, têm apresentado resultados benéficos para a região, proporcionando espaço de convivência social, de segurança e melhoria da mobilidade e de restauração urbanística.

Durante sua palestra, Dimenstein ofereceu ao prefeito a possibilidade de implantar, sem custos, o blog Catraca Livre voltado para Goiânia. O Catraca Livre é uma rede on-line que reúne diversas opções culturais e de lazer em São Paulo. Com o tema “A cidade na sua mão”, o blog também tem como objetivo levantar soluções de alguns problemas sociais, como por exemplo o trânsito. Além disso, traz conteúdo voltado para outros temas, como esporte, gastronomia e educação.

Paulo Garcia aceitou a proposta de implantação do Catraca Livre em Goiânia, disse que Dimenstein é um dos grandes pensadores urbanos do país e que sempre se preocupou muito em divulgar a ideia de que o poder do cidadão vem através da educação. Segundo o prefeito, o fato dele ter oferecido a plataforma do blog para Goiânia valeu a realização do Congresso, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e Universidade Federal de Goiás.

O congresso continua até segunda-feira (8), quando será discutido o tema “A cidade criativa”.

Fonte: A redação. Foto: Rafaella Pessoa

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar