Conferência Estadual do Meio Ambiente em Goiânia

 em Goiás +20

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) promove nos dias 13 e 14 de setembro, a 4ª Conferência Estadual do Meio Ambiente.  A Conferência é um espaço de consulta popular no qual o Poder Público recolhe diretrizes para a elaboração de políticas públicas para o setor. Este ano, motivada pela meta brasileira de erradicação dos lixões até 2014, o evento vai discutir a melhor forma para a implementação das políticas de resíduos sólidos, além de tratar de temas como reciclagem, reaproveitamento, redução dos impactos ambientais e educação ambiental, entre outros. A Conferência vai acontecer na Pousada Serra de Goyaz, na Avenida: T-3, nº2240, no Setor Bueno.

O tema foi dividido em quatro eixos de discussão. O primeiro trata da produção e consumo sustentáveis, que podem ser trabalhados sob a ótica da redução do consumo irresponsável. O assunto também aborda uma discussão sobre o real valor dos produtos que compramos e quais seus custos de produção, distribuição, consumo e destinação final, o que acaba por onerar a sociedade através de uma utilização irracional de recursos, da degradação ambiental, na exploração do o trabalho e no encarecimento dos serviços públicos. Este é o eixo onde a reflexão sobre os caminhos e impactos da sociedade de consumo se fazem mais presente.

No segundo eixo será analisada a potencialidade dos novos instrumentos definidos na Política Nacional De Resíduos Sólidos para redução de impactos ambientais. A política reversa, assim como a figura dos consórcios intermunicipais, muda o paradigma da gestão de resíduos sólidos, que antes era vista exclusivamente com caráter local e cujo financiamento dependia exclusivamente do Poder Público municipal.

O terceiro eixo tem foco no viés social. A geração de trabalho, emprego e renda se caracteriza por um novo enfoque na questão da gestão dos resíduos sólidos. A questão é como maximizar o potencial de geração de renda de ações, como reciclagem e reutilização, garantindo espaço para a livre concorrência, mas oferecendo a participação da população que historicamente sobrevive por meio desse recurso. Trata-se também de uma ação de diminuição da desigualdade econômica e da manutenção de uma renda mínima para uma importante parcela da população.

Por fim, a Conferência trata da educação ambiental e da forma com que suas ferramentas serão utilizadas para atingir os objetivos da Política Nacional De Resíduos Sólidos. Desta forma, o evento tem dois grandes produtos: as propostas que serão elaboradas durante a etapa estadual e defendidas pela delegação goiana durante a etapa nacional, e o engajamento das pessoas sobre o tema, fazendo com que o debate e a busca por soluções se estenda além dos dias da Conferência.

Postagens Recomendadas
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar