China desbanca Alemanha e assume liderança mundial em energia solar

 em Goiás +20

O reinado da Alemanha, no que diz respeito a energia solar, chegou ao fim. A China garantiu sua posição como líder mundial no setor devido à instalação de 3 gigawatts de utilização em escala da fonte energética. Em menos de um ano, o país construiu 40 novas usinas de energia solar com capacidade de produção de mais de 1 GW cada uma delas.

A locomotiva ajudou a elevar o potencial global para 15GW. Só entre dezembro de 2012 e julho de 2013, houve um aumento de 35% na produção de energia solar entre os 596 parques espalhados por todo o mundo.

Com o potencial mundial de 21,59% no setor, a China revelou que sua meta é atingir 15GW na produção de energia solar até 2015. Apesar de ser um objetivo ambicioso, o país parece estar em um bom caminho.

No ranking mundial, a Alemanha vem em segundo lugar com o potencial mundial de 19,9%, seguido pelos Estados Unidos (3º), Índia (4º) e Espanha (5º). A Itália e a França também apareceram entre os 10 colocados.

Já a Alemanha desenvolveu 28 milhões de quilowatt-hora (kWh) em 2012, através de 1,3 milhão de sistemas fotovoltaicos, fornecendo energia elétrica para 8 milhões de casas. A quantidade de novos sistemas fotovoltaicos instalados no período é considerada a maior da história.

Postagens Recentes
Contato Comercial

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar