Goiânia 04/04/2019
FICAGoiásSustentabilidade
30 de Maio de 2018

Jornalista André Trigueiro tem presença confirmada no Fica 2018, que debate energia, cidades e espiritualidade nesta edição

Em sua vigésima edição, o Fica 2018 revisita o legado que deixou em seus anos de existência na história da defesa do meio ambiente. A ideia foi do jornalista André Trigueiro, que é consultor do Fórum Ambiental deste ano. Nesta edição, a programação oferece três mesas de Meio Ambiente, que trazem os temas A Nova EnergiaAs Novas Cidades e A Nova Espiritualidade.

A ideia central do Fórum Ambiental é debater o que há de novo por meio do resgate do que se instigou e influenciou nos últimos anos. Para Trigueiro, o Fica, em duas décadas de existência já abriu caminhos para uma nova visão sobre a defesa do meio ambiente e, neste ano, promove uma “versão sobre a colheita dessa semeadura”.

 É com essa ideia de resgate que Mãe Flávia, socióloga, escritora e ministra religiosa de Umbanda, vem ao Fica 2018 para falar sobre as Novas Espiritualidades. “Na verdade trata-se de um retorno à velha, que foi abandonada pela modernidade, àquela espiritualidade que estava conectada com a natureza, com as águas e a terra”, explica. Para ela, é aí que o debate sobre a espiritualidade se encontra com a luta ambiental e o cinema cumpre um papel importante, quando tira a efemeridade das discussões sobre preservação, que ainda não foram incorporadas por muita gente.

Mãe Flávia está empolgada para trazer esse debate a Goiás pela primeira vez, assim como a paulistana Marcella Arruda, que irá discutir as Novas Cidades. Marcella é arquiteta e urbanista e trabalha com intervenção urbana, gestão compartilhada e a construção do comum. “Eu acredito em uma ideia de cidade que tenha a participação da população, que não se prenda às burocracias e tenha certa autonomia, que não fique só na consulta, mas instigue as pessoas com imaginários de cidades possíveis por meio da arte”, explica.

Marcella acredita em uma arquitetura regenerativa, que gere vida a partir de um espaço morto, e cure as pessoas que sofreram com os impactos ambientais, assim como elas conseguem regenerar esses espaços e produzir memória. Para ela, fazer a ponte desse debate com cinema é fundamental, porque a arte eterniza o que é efêmero. “Para mim é um privilégio falar sobre isso neste festival, porque ajuda a costurar o que tenho tentado construir entre as intervenções na cidade e o audiovisual”.

Como já dizia André Trigueiro, que faz história na existência deste festival, o “Fica é um oásis no deserto”. Trata-se do maior festival de cinema ambiental do País e tem crescido e instigado, cada vez mais, a sociedade para a importância de se engajar na defesa do meio ambiente. Trigueiro destaca que neste ano houve um episódio em que o Rio Vermelho, principal rio da Cidade de Goiás, que sedia o Fica, ficou literalmente vermelho devido a um acidente com um caminhão que transportava sangue de gado. Ele lembra, no entanto, que problemas ambientais não são de agora, estão aí há mais de 20 anos.

“O importante é reconhecer que nós somos parte do problema e precisamos ser a solução”, destaca. Trigueiro ressalta ainda o quanto avançamos desde o primeiro Fica. “O festival traz contexto para acelerar o processo de mudança que precisa acontecer, seja nos padrões de consumo, na redução da produção do lixo, entre outros”, ressalta. O Fica, portanto, atua na mudança cultural que se precisa fazer para resolver a crise ambiental, que está aí há anos.

As mesas de Meio Ambiente começam na quarta-feira (06/06). Todas serão realizadas no Convento do Rosário.

Fica 2018 – Fórum Ambiental

Dia 06/06/2018 (Quarta-Feira) – 10h

Tema: A Nova Energia

Com Ney Maron de Freitas (Representante da Abeeólica – Associação Brasileira de Energia Eólica) e Rodrigo Sauaia (Presidente da Absolar – Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

Dia 07/06/2018 (Quinta-Feira) – 10h

Tema: As Novas Cidades – Com Peter Scholten e Marcela Arruda.

Dia 09/06/2018 (Sábado) – 10h

Tema: A Nova Espiritualidade – Com Frei Paulo Castanhêde e Mãe Flávia.

Quem escreve

Deixe sua opnião aqui!

FICA
 
Publicado em 11 de junho de 2018
Depois de cinco dias de mostras e exibições, o 20° Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica) entregou na manhã de domingo, 10/6, sexto e último dia dessa edição 2018, a premiação das Mostras Competitiva, ABD e Saneago. O documentário brasileiro “Construindo Pontes”, de Heloísa Passos, foi escolhido por unanimidade pelo júri de premiação como a melhor produção e levou o Grande Prêmio Cora Coralina da Mostra Competitiva. A seleção foi feita entre os 21 filmes exibidos, provenientes de 8 países. Além do troféu Cora Coralina, a produção recebe um prêmio no valor de 100 mil reais e também foi a
 
Publicado em 7 de junho de 2018
Reportagem: Elisama Ximenes / Fotos: Léo Iran A programação do Fica 2018 nessa quarta-feira, 6, foi marcada por dois momentos emblemáticos do legado do festival nos seus 20 anos de história. Foi lançada a primeira Escola Sustentável do Estado de Goiás, no Centro de Educação em Período Integral Alcide Jubé, uma das mais tradicionais escolas públicas do Estado e teve início a exibição dos vídeos do projeto Fica Atitude no Cineteatro São Joaquim, na Cidade de Goiás. O professor Jonas Berquó, coordenador Regional de Educação, Cultura e Esporte da Cidade de Goiás (CRECE), explica que o objetivo do projeto
 
Publicado em 6 de junho de 2018
Por Daniela Martins   A relação de camponeses, quilombolas e dos povos indígenas com o meio ambiente tem espaço de destaque na programação da 20ª edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica). Pelo segundo ano consecutivo, a temática é foco da Tenda Multiétnica, instalada no Largo do Chafariz. A abertura da Tenda Multiétnica será na terça-feira, 5, com apresentação cultural do povo Iny/Karajá, roda de capoeira Quilombola Kalunga e a abertura de duas exposições no espaço: A mostra fotográfica “Dom Pedro Casaldáliga e Dom Tomás Balduíno”, de Douglas Mansun, e a exposição e comercialização de materiais publicitários da
 
Publicado em 6 de junho de 2018
Em seu segundo dia de festival, o Fica 2018 dá início às exibições da Mostra Competitiva deste ano, que terá sessões no Cineteatro São Joaquim e no Cine Cora Coralina (UEG). As exibições começam às 15h30, seguem até as 17h30 e depois retornam às 19h, com término previsto para 20h30. Logo após, o Cineteatro São Joaquim recebe as primeiras sessões da 16ª Mostra ABD Cine Goiás, que vai das 20h30 às 22h. A programação dos Minicursos e Oficinas abre com o minicurso Roteiros para Novas Plataformas Digitais, com Luiz Bolognesi, e a oficina Experimentando a Luz: Oficina de Fotografia
 
Publicado em 5 de junho de 2018
Por Manuela Costa   O Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental celebra 20 anos de legado com a presença de grandes nomes do cinema brasileiro. Nesta edição, os cineastas Walter Carvalho, José Vilamarim e George Moura, diretores e roteiristas da série global Onde nascem os fortes, participam do Fórum de Cinema no sábado, 09/06, para uma discussão sobre os novos rumos da dramaturgia brasileira. O festival também contribui para a mudança do cenário de gênero no audiovisual com uma mesa de discussão na sexta-feira, 08/06, encabeçada pela atriz Bruna Linzmeyer e pelas cineastas Laís Bodanzky e Susanna Lira.
 
Publicado em 4 de junho de 2018
Foto: Ricardo Gomes   Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), existem hoje 2,1 bilhões de pessoas sem acesso a água potável no mundo e 80% dos esgotos são despejados no meio ambiente sem tratamento, poluindo fontes limpas de água. Uma das maiores problemáticas ambientais, políticas e sociais das sociedades modernas, a temática da água não poderia ficar de fora da 20° edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica). Em seu segundo ano no Festival, a Mostra Saneago se dedica exclusivamente à temática da água e proporciona discussão sobre a preservação de recursos hídricos, consumo consciente e
 
Publicado em 30 de Maio de 2018
Em sua vigésima edição, o Fica 2018 revisita o legado que deixou em seus anos de existência na história da defesa do meio ambiente. A ideia foi do jornalista André Trigueiro, que é consultor do Fórum Ambiental deste ano. Nesta edição, a programação oferece três mesas de Meio Ambiente, que trazem os temas A Nova Energia, As Novas Cidades e A Nova Espiritualidade. A ideia central do Fórum Ambiental é debater o que há de novo por meio do resgate do que se instigou e influenciou nos últimos anos. Para Trigueiro, o Fica, em duas décadas de existência já abriu caminhos para uma
 
Publicado em 25 de Maio de 2018
A edição 2018 do Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica) recebe um time de peso da produção cinematográfica brasileira. No sábado, 9/6, o festival terá a presença do ator Ailton Graça, do humorista Hélio de La Peña e do cineasta Jeferson De, que no sábado lançam na cidade de Goiás o longa metragem Correndo Atrás. O ator Lázaro Ramos também está no elenco no filme. Coprodução da Raccord Filmes, RioFilme, Canal Brasil, Telecine, Globo Filmes, o filme traz uma reflexão crítica e, ao mesmo tempo, leva o espectador ao riso. Com direção de Jeferson De, que também assina o
 
Publicado em 23 de Maio de 2018
O debate acerca da sobrevivência das culturas indígenas, comprometidas desde a chegada dos colonizadores portugueses no século XVI, ganha novo fôlego com o curta-metragem “Ex-Pajé”, de direção e roteiro do paulistano Luiz Bolognesi. O filme oscila entre os gêneros ficcional e documental para narrar a história dos Paiter Suruí, tribo que viveu isolada até 1969 na região fronteiriça entre Mato Grosso e Rondônia, epicentro dos conflitos fundiários entre indígenas e extrativistas no Brasil. O longa-metragem vai ser exibido em 5 de junho (terça-feira) para o público na abertura da 20ª edição do Fica. O contato tardio com o homem
 
Publicado em 22 de Maio de 2018
Para tudo que a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) anunciou, nada mais, nada menos, que a diva da música popular brasileira Ana Carolina para encerramento dos shows do Fica2018! A apresentação acontece no sábado, 9 de junho. No domingo, 10, o festival realiza a cerimônia de premiação e encerramento oficial do evento a partir das 11h. O Fica 2018 será realizado de 5 a 10 de junho, na Cidade de Goiás. Na programação musical, também estão 12 shows de artistas regionais como Nila Branco, Emídio Queiroz e Banda Excallibur e The Galo Power. Na quarta e na
 
Publicado em 6 de Abril de 2018
Foto: Léo Iran (Seduce)   A Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) lançou oficialmente nesta quinta-feira (5/6) a 20ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental. O Fica 2018 será realizado de 5 a 10 de junho, na cidade de Goiás. O governador Marconi Perillo foi o responsável por anunciar os 22 filmes selecionados para a Mostra Competitiva. Este ano foram 355 filmes inscritos, dos quais 199 estrangeiros e 156 filmes brasileiros. Entre os filmes brasileiros, foram inscritas 47 produções goianas. As 22 melhores produções estão nas categorias longas-metragens (6 filmes), média-metragem (1) e curtas-metragens (14), provenientes
 
O Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental – Fica 2018 – está com as inscrições abertas para filmes de temática ambiental produzidos em todo o mundo até o dia 05 de março. Neste ano, o evento será de 19 a 24 de junho, na cidade de Goiás. As inscrições devem ser feitas pelo site oficial do festival: www.fica.go.gov.br Para concorrer à seleção da Mostra Competitiva e outras mostras do evento, os filmes inscritos devem ter sido lançados a partir do dia 1º de janeiro de 2016. Os filmes serão selecionados por um júri especializado, com sete membros indicados pela
 
Publicado em 1 de agosto de 2016
A 18ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2016), vai ser realizada de 16 a 21 de agosto, na cidade de Goiás. A secretária de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), Raquel Teixeira, garante que no ano em que atinge a maioridade, o festival está mais conectado com a comunidade, focado na valorização de Goiás, do cinema e do Cerrado, como a grande fronteira alimentar do mundo. Raquel explica que os fóruns do festival terão três eixos principais: governança territorial, preservação ambiental e segurança alimentar. A programação é composta por seis mostras de cinema (Mostra Competitiva, 8ª Mostra
 
Publicado em 18 de agosto de 2015
Arnaldo Jabor é crítico, e não me refiro a profissão, mas por natureza. Sua forma de ver o mundo é intrigante e sua expressão sobre o mesmo leva o ouvinte a reflexões sobre a vida, a arte, relacionamentos e política.
 
Publicado em 18 de agosto de 2015
“O Fica está ganhando um formato de acordo com a ideia original, que era realmente manter o foco voltado para o cinema e meio ambiente”, comenta o governador Marconi Perillo durante sua presença no evento.
 
Publicado em 18 de agosto de 2015
Evento ocorreu durante três dias como parte da programação da Secima no Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental
 
Publicado em 17 de agosto de 2015
Raquel Teixeira fala em exclusiva ao Goiás Mais 20 sobre educação ambiental nas escolas
 
Publicado em 16 de agosto de 2015
A sessão mais esperada do 17o FICA – o lançamento de Cora Coralina – Todas as Vidas lotou o cinemão na noite de sábado.
 
Publicado em 15 de agosto de 2015
“A construção de uma imagem com a luz se dá em tantos patamares, em tantos níveis que é difícil eleger, decidir, escolher o caminho que você vai trabalhar.”
 
Publicado em 15 de agosto de 2015
A partir do filme Waste Africa, a Secima realizou palestra e propôs debate sobre o descarte de lixo eletroeletrônico no contexto mundial.
 
Publicado em 14 de agosto de 2015
O Fórum Ambiental desta quinta-feira, 14, trouxe convidados para discutir sobre meio ambiente, alimentação saudável e agrotóxicos durante o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), edição 2015.
 
Publicado em 13 de agosto de 2015
Cerca de sessenta alunos do Colégio Lyceu da cidade de Goiás participaram da programação da Secretaria das Cidades e do Meio Ambiente na tarde desta quarta-feira, dia 12. As atividades ocorrem no Espaço Secima, no Quartel do XX.
 
Publicado em 12 de agosto de 2015
O encontro com a atriz Camila Morgado durante o Fórum de Cinema foi um dos pontos chaves da programação do segundo dia do FICA 2015.
 
Publicado em 12 de agosto de 2015
A reunião aconteceu durante o Fica, na manhã desta quarta-feira.
 
Publicado em 11 de agosto de 2015
A solenidade de abertura do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, FICA 2015, teve início na noite desta terça-feira.
 
Publicado em 11 de agosto de 2015
O intuito é manter a cidade limpa com 70 lixeiras espalhadas pelos locais mais movimentados.
 
Publicado em 23 de julho de 2015
Objetivo é ligar as questões ambientais globais com o que é feito em Goiás.
 
Publicado em 22 de julho de 2015
O Fica 2015 será realizado de 11 a 16 de agosto, na Cidade de Goiás. Essa edição tem enfoque aprofundado nas questões ambiental e audiovisual.
 
Publicado em 22 de julho de 2015
Serão 28 atrações musicais selecionadas entre as 287 inscrições para a programação do Fica 2015.
 
Publicado em 29 de junho de 2015
A lista é composta por 21 produções, sendo 12 nacionais, 9 internacionais e 7 filmes goianos. São 5 longas-metragens, 3 médias-metragens e 13 curtas-metragens.
 
Publicado em 21 de Maio de 2015
O dia foi marcado pelo diálogo com representantes das áreas de Educação e Cultura.
 
Publicado em 16 de Abril de 2015
Festival será focado em cinema e meio ambiente Via: A Redação Goiânia – A edição deste ano do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) não terá nenhuma atração musical nacional em sua programação. A informação foi anunciada com exclusividade ao jornal A Redação pela secretária de Estado da Educação, Cultura e Esporte (Seduce), Raquel Teixeira. Segundo ela, o festival será prioritariamente focado em atividades voltadas ao cinema e meio ambiente, seguindo a proposta original do evento, lançado em 1999. Neste ano, o Fica chega à 17ª edição e será realizado entre os dias 23 e 28 de junho, na
 
Publicado em 13 de Março de 2015
Via O Popular Estão abertas as inscrições de filmes para o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) 2015. Filmes cinematográficos, vídeos e séries televisivas com temática ambiental produzidos a partir de 2013 podem ser inscritos até o dia 22 de abril. As inscrições podem ser feitas por meio do site do festival. http://fica.art.br/ O Fica 2015 será realizado de 23 a 28 de junho, na cidade de Goiás. No total, serão destinados R$ 240 mil para a premiação de filmes da Mostra Competitiva. O festival tem a finalidade de divulgar, exibir e premiar obras audiovisuais de curta (até 29
 
Some title Some author
Some excerpt
 
Some title Some author
Some excerpt
 
Some title Some author
Some excerpt
Publicado em 11 de junho de 2018
Depois de cinco dias de mostras e exibições, o 20° Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica) entregou na manhã de domingo, 10/6, sexto e último dia dessa edição 2018, a premiação das Mostras Competitiva, ABD e Saneago. O documentário brasileiro “Construindo Pontes”, de Heloísa Passos, foi escolhido por unanimidade pelo júri de premiação como a melhor produção e levou o Grande Prêmio Cora Coralina da Mostra Competitiva. A seleção foi feita entre os 21 filmes exibidos, provenientes de 8 países. Além do troféu Cora Coralina, a produção recebe um prêmio no valor de 100 mil reais e também foi a