Guaranis de SC voltam a cultivar os próprios alimentos com apoio do Banco Mundial 0

Publicado em 22 de Abril de 2017

Houve um tempo em que os guaranis da terra Tekoa Marangatu, no sul do Brasil, caçavam e coletavam para se alimentar. Hoje, a dieta é completamente diferente. Saíram as frutas, verduras, legumes e carnes; entraram os enlatados, biscoitos e outros produtos industrializados. Para reverter esse cenário, o Banco Mundial apoia os indígenas a retomar o cultivo de produtos naturais, antes plantados e consumidos na própria aldeia. A mudança na alimentação cobrou seu preço. Faltam vitaminas e proteína animal. Não há estatísticas, mas em conversas com o cacique e com os extensionistas rurais e sociais que trabalham na área, vêm