A poluição já chegou aos lugares mais profundos dos oceanos 0

Nem o lugar mais profundo da Terra, o fundo dos oceanos, escapa da poluição causada pela atividade humana. Um grupo de investigadores ingleses descobriu “níveis extraordinariamente altos” de contaminação nas profundezas dos oceanos, que se julgavam até então, a “salvo”. A poluição causada pela atividade humana é de tal ordem que chegou, facilmente, às fossas submarinas mais profundas, nomeadamente, ao abismo Challenger na fossa das Marianas — o lugar mais profundo da Terra — situado a 10.900 metros de profundidade — e à fossa de Kermadec — a 10.047 metros de profundidade –, ambos no Oceano Pacífico. O grupo,