Alckmin admite racionamento de água em São Paulo 0

Publicado em 14 de Janeiro de 2015

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), reconheceu, pela primeira vez desde o ano passado, que o estado passa por racionamento de água. “O racionamento já existe. Quando a Agência Nacional de Água (ANA) determina que você que tem que reduzir de 33 para 17 (metros cúbicos por segundo) no Cantareira é obvio que você já está em restrição. Está mais do que explicitado”, disse em um evento da Polícia Militar na zona norte. Alckmin negou que o racionamento será imposto por um decreto seu. “Já temos a restrição de água estabelecida pela ANA, que é a agência